terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

PETROBRAS NA LISTA DE COMPRAS ?



PETROBRAS NA LISTA DE COMPRAS ?

THE WALL STREET REVELA: EXXON VAI COMPRAR EMPRESAS EM DIFICULDADES
ENTREGUISTAS DE PLANTÃO APRESENTAM-SE COMO CORRETORES

Wladmir Coelho

Segundo reportagem do The Wall Street Journal a EXXON – graças as suas condições especiais de financiamento fundamentadas na sua nota de qualificação de crédito superior a obtida pelo governo dos EUA -  encontra-se pronta para adquirir empresas de petróleo em dificuldades financeiras. O jornal cita uma lista que inclui a BP e Anadarko e de leve cita a presença da empresa no pré-sal brasileiro. Especulações? Pode ser.

Herdeira da Standard Oil a EXXON  caminha a passos largos para assumir o controle de 17% do refino de petróleo nos EUA. Atualmente a gigante produz 2,3% do petróleo mundial.

A política econômica da EXXON inclui o controle de suas ações através da recompra destes papeis prática ampliada nos últimos anos. Este modo de atuar preocupa e nos faz recordar dos métodos do trust do  qual originou-se.

O interesse da EXXON – e de qualquer gigante petrolífero – não é iniciar de imediato a exploração dos seus campos de petróleo e sim garantir o controle das áreas com potencial produtivo.

A história do petróleo no Brasil revela o lado cruel desta prática denunciada, dentre outros, por Monteiro Lobato no celebre “O escandalo do petróleo e do ferro”. A Petrobras foi a resposta corajosa do povo brasileiro contra as limitações impostas pelo trust.

Não precisamos de muito esforço para entender que em meio as noticias de corrupção na Petrobras a grande imprensa brasileira, que sempre foi submissa aos oligopólios internacionais, tenta confundir a população inventando a falência da Petrobras e insinuando como salvação a privatização.

Diga-se de passagem no Brasil, não faz muito tempo, a EXXON era conhecida por ESSO e durante anos controlou a informação de forma direta através do famoso Repórter Esso. 

A campanha de criação da Petrobras foi solenemente ignorada graças a farta distribuição de recursos que acompanhava a veiculação do noticiário produzido em seu escritório de relações públicas. 

Seria, 60 anos depois, o momento do acerto de contas ? Estariam atuando estes setores da mídia e seus associados como corretores da EXXON?


Estas e outras respostas em breve nos grandes jornais, revistas e programas de televisão. 

Um comentário:

Antônio Augusto Zoppi disse...

ESTÃO PLANEJANDO ROUBAR O PRE SAL E A PETROBRAS. SUGIRO AOS PETROLEIROS INCIAR GREVE DE PROTESTO CONTRA O GOVERNO M TEMER.

Arquivo do blog